terça-feira, 4 de maio de 2010

São Paulo: Largo da Matriz

Cap. 138. MEMENTO HOMO

"Joãozinho
Ontem fui com Celiazinha passar o último dia do Car¬naval na cidade e nos hospedamos em casa de D. Teresinha. O Dr. Pepe Esborracha nos influiu muito para ir, visto ser ele o organizador das festas do Clube.
Fiz uma fantasia para Celiazinha de Fada do Bem que ficou muito graciosa e ela divertiu-se muito com a Bilu e as outras meninas. Passaram a tarde toda na calçada jogando confetti e lança-perfume.
O maior sucesso do dia foi um grupo de cinco estudantes que passou pelas ruas bebendo cerveja em ourinóis e comendo lingüiça que molhavam na cerveja. Quase morremos de rir e só depois é que soubemos que foi o Dr. Pepe Esborracha que teve essa idéia tão engraçada!
As filhas de D. Balbina foram as moças mais bem fanta¬siadas da cidade. O largo da Matriz estava repleto de moças e moços em luta acesa com confeti e lança-perfume. O baile do Clube começou às nove e meia e durou até 5 da manhã e esteve muito animado. Espero que você venha no fim do mês, como prometeu.
Um abraço da tua
Célia


Largo da Matriz
[http://1.bp.blogspot.com/_Bl7q_K6Trj4/SHwXCpM4-HI/AAAAAAAAC6Y/-kaeUapMFcY/s1600-h/Largo+da+Matriz+-+decada+1920.JPG]


Ricardo Levrini T. Dias

Nenhum comentário:

Postar um comentário